Sala de Imprensa

7867-Andre SteinO diretor de estratégia da Embraer X, André Stein, abriu sua palestra no primeiro dia de debates do Fórum Nacional explicando o que sua empresa produz. “A Embraer, que agora completa 50 anos, começou a produzir aviões numa época em que o Brasil não fabricava nem bicicletas”, exagerou para realçar o tempo de evolução da empresa aeroespacial. Segundo ele, a divisão “X” da Embraer está voltada à inovação, sendo a letra xis (ou éx, na pronúncia em inglês) uma citação a “exponencial”.

Numa indústria de ciclo longo como a aeroespacial, prever o futuro da tecnologia é fundamental, segundo Stein. “Como será o passageiro do futuro? E como vamos atendê-lo?”, perguntou. Mas a preocupação da Embraer X não se fixa nos grandes aviões, pois a mobilidade urbana também interessa. “Considerando que o trânsito das grandes cidades está cada vez mais travado, por que não ciar um carro voador?”, disse, revelando a ideia de explorar um segmento totalmente novo e disruptivo — mas que ainda depende fortemente de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia.

A companhia pretende tornar a aviação parte do cotidiano das pessoas, como um complemento para carros, bicicletas ou transportes públicos. Stein disse que um veículo voador de mobilidade elétrica, chamado eVTOL, já está em desenvolvimento, em escala comercial e não apenas de um protótipo para P$D. O palestrante conclamou a todos os participantes do encontro a unirem forças para encontrarem novas soluções tecnológicas.