Sala de Imprensa

Otávio Azevedo“Projeto de infraestrutura tem que ser atrativo, mas não é para aventureiros”. Com esta declaração, o presidente do Grupo Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo, definiu sua palestra. Para Azevedo, o Brasil tem se destacado no cenário econômico mundial, apesar dos gargalos de infraestrutura e do apagão de mão de obra enfrentado pelas empresas nacionais.

Para ele, é importante resolver a infraestrutura, mas também outros problemas que afetam a nossa competitividade, como a baixa qualidade da educação, a elevada carga tributária e a burocracia que atrapalha o desenvolvimento dos negócios. Ele propõe garantir linhas de financiamentos adequadas, seguro de garantia para esses investimentos, seguro de risco de performance, uma clara definição do objeto e das condições da concessão dos projetos de participação pública e privada (PPP), a remuneração do capital investido a taxas atraentes ao investidor e a criação de mecanismos de garantias de recebimento quando o cliente for o governo ou contra prestação, em caso de PPP.

A Andrade Gutierrez detém uma receita anual de R$ 70 bilhões, gera 250 mil empregos diretos, investe anualmente mais de R$ 10 bilhões, recolhe R$ 30 bilhões em impostos, atua em todas as regiões do Brasil e detém inúmeras certificações de reconhecimento por práticas sustentáveis.