Livros

Visões de Brasil. Nobel, São Paulo, 1992 [IV Fórum Nacional- 1991].

O Fórum Nacional reuniu expressivas personalidades latino-americanas e brasileiras com o objetivo de empreender uma ampla reflexão sobre o futuro nacional, num mundo que se transforma rapidamente, sob o signo da liberdade.

Publicam-se, neste volume, as principais contribuições elaboradas para o painel, que se desdobrou em duas partes.

Na primeira parte, o secretário-executivo da Cepal, Gert Rosenthal, o diretor para a América Latina do PNUD (ONU), Fernando Zumbado, e o diretor do BID e ex-reitor da Unicamp, Paulo Renato Souza, examinam os desafios que a América Latina e o Brasil devem enfrentar, nesta e na próxima década, na busca da modernidade – econômica, social e política. Neste caminhar, concluem, será preciso, concomitantemente, realizar as transformações produtivas que assegurem a competitividade e a integração econômicas, assegurar as liberdades como condição para a democracia e vencer a luta contra a pobreza e a desigualdade.

Na segunda parte, brasileiros ilustres – Fernando Henrique Cardoso, Almir Gabriel, Eduardo Modiano, Albano Franco, Mailson da Nóbrega, André Lara Resende, Paulo Cunha, Claudio R. Frischtak, Roberto Leal Lobo e Silva Filho, Gilmar Carneiro e Dom Affonso Felippe Gregory – apresentam suas visões de Brasil e de seu futuro, compondo, a várias mãos, o quadro geral das perspectivas da evolução nacional.

A despeito dos pontos de vista pessoais, refletindo livremente as diversificadas experiências de cada um, emerge, dos depoimentos, a convicção de que o país tem futuro, uma vez superados alguns obstáculos, que, em passado recente, entravaram seu desenvolvimento, os quais persistem, embora atenuados, até hoje.

Três idéias – força permeiam todos os depoimentos aqui publicados: a da necessidade de se formular um projeto nacional erguido sob a base do consenso e da convergência de interesses; a da busca da competitividade econômica, com reformas sociais profundas (compatibilização da eficiência com a eqüidade); e a da consolidação da liberdade como condição para a prática da democracia. Idéias essas que podem ser sintetizadas na noção de modernidade, ao mesmo tempo econômica, social e política.

Pensar o Brasil – com clareza, no exame de seus problemas, e com perspicácia, na prospecção de seu futuro – é um dos objetivos do Fórum Nacional. Ao divulgar essas visões do futuro nacional possível, o Fórum Nacional, já no seu quarto ano de existência, vai se consolidando como um espaço público, independente, aberto e pluralista, devotado à formulação de um projeto de modernização nacional.

Sumário

Introdução

Como evitar uma nova “Década Perdida”
João Paulo dos Reis Velloso

Parte I – O Brasil no contexto mundial e latino-americano

Lições da década de 80 para a América Latina e o Caribe
Gert Rosenthal

A América Latina em transformação
Fernando Zumbado

O Brasil num mundo em mudança
Paulo Renato Souza

Parte II – Visões de Brasil

Reflexões sobre o Brasil e o Fórum hoje
Fernando Henrique Cardoso

80 – a década que não pode ser desperdiçada
Almir Gabriel

Verbas para o Brasil
Eduardo Modiano

Por um pacto de competitividade
Albano Franco

A economia brasileira tem futuro
Mailson da Nóbrega

Uma longa agonia
André Lara Resende

Brasil: o desafio da modernidade
Paulo Cunha

O projeto de desenvolvimento: convergências
Claudio R. Frischtak

Brasil: um mutirão para a educação
Roberto Leal Lobo e Silva Filho

Avançar e consolidar a democracia
Gilmar Carneiro

O Brasil que queremos
Dom Affonso Felippe Gregory