Livros

Um modelo para a Educação do século XXI. J. Olympio, Rio de Janeiro, 1999 [Seminário Especial- 1998].

“O novo mundo que emerge da terceira revolução industrial e da globalização dos mercados requer educação geral para todos, condição para a própria sobrevivência do país; e integração entre educação geral e preparação para o mercado de trabalho.” Paulo Renato Souza

“A preparação do cidadão para atuar de forma crítica e responsável na construção de uma sociedade mais justa e democrática exige um perfil de qualificação em que o desenvolvimento das inteligências cognitiva, emocional e efetiva será decisivo à sua plena inserção social e no mundo do trabalho.” Maria Helena Guimarães de Castro

“Há hoje consenso de que a formação profissional de professores tem um papel-chave nos avanços esperados na qualidade do ensino fundamental. Eles serão os atores que, em última instância, viabilizarão o projeto educacional do país.” Iara Glória Areias Prado

“O modelo de ensino médio para o século XXI deve visar: à formação da pessoa, seus valores e competências necessárias à integração de seu projeto de vida no da sociedade: à preparação para sua inserção no mundo do trabalho e o acompanhamento de suas transformações; e ao desenvolvimento de competências para que continue aprendendo, de forma autônoma e crítica.” Ruy Leite Berger Filho

“O projeto de transformação e desenvolvimento do ensino superior brasileiro deverá enfrentar os desafios do crescimento, da diferenciação, da qualificação e do financiamento.” Abílio Afonso Baeta Neves

“Um modelo de educação para o século XXI poderá emergir de três conjuntos de iniciativas voltadas para: o resgate da educação e da família como instituições sociais primordiais; o fortalecimento da escola; e a promoção da cidadania.” João Batista Araujo e Oliveira

“Uma nova proposta de educação para o Brasil ganhou nitidez com o seminário ‘Um modelo de educação para o século XXI’.” Alberto de Mello e Souza

“Há consenso quanto à incompatibilidade entre o baixo nível de escolaridade da população brasileira e de sua força de trabalho e a pretensão de ver o país inserido na nova ordem econômica internacional em reproduzir, mais uma vez, as condições do subdesenvolvimento.” Cláudio Salm e Azuete Fogaça

Sumário

Introdução

Um modelo de Educação para o século XXI
João Paulo dos Reis Velloso

Primeira Parte – Um modelo de Educação para o século XXI

Os desafios para a educação no limiar do novo século
Paulo Renato Souza

O sistema educacional brasileiro: tendências e perspectivas
Maria Helena Guimarães de Castro

A educação fundamental: a questão básica
Iara Glória Areias Prado

A universalização do ensino médio
Ruy Leite Berger Filho

O ensino superior: crescimento, diferenciação, qualidade e financiamento
Abílio Afonso Baeta Neves

Segunda Parte – Educação: uma avaliação e dois relatos

O dilema do modelo brasileiro de educação
João Batista Araujo e Oliveira

Um modelo de educação para o século XXI: notas sobre um seminário
Alberto de Mello e Souza

A propósito do seminário sobre educação, força de trabalho e competitividade
Cláudio Salm e Azuete Fogaça