Livros

O Brasil e o Plano Bush: oportunidades e riscos numa futura integração das Américas. Nobel, São Paulo, 1991 [Seminário Especial- 1991].

A Iniciativa para as Américas, lançada pelo presidente Bush, constitui uma tentativa de construir uma agenda econômica entre os Estados Unidos (e Canadá) e a América Latina, em substituição à agenda principalmente de segurança, que tendeu a prevalecer durante a Guerra Fria. O seu elemento inovador é a idéia de criação de um processo de tomada de decisões conjuntas, pelo qual se possa evoluir, no longo prazo, para uma zona de livre comércio entre as Américas.

Este objetivo é importante. Nisso está a mensagem básica desse conjunto de papers, que o Fórum Nacional tomou a iniciativa de produzir. A preocupação básica do projeto foi evitar que o tema, complexo e de alta densidade política e econômica, fosse tratado em termos de idéias preconcebidas ou preconceitos ideológicos, contra ou a favor.

Eminentes economistas, diplomatas e cientistas políticos analisam, de forma objetiva e em profundidade, desde as pré-condições, para que a Iniciativa Bush se concilie com os interesses básicos do Brasil e dos países da região, até as oportunidades e riscos nela envolvidos.

Estudou-se com particular interesse os efeitos que uma eventual zona de livre comércio com os Estados Unidos e Canadá possa ter sobre a nossa estrutura industrial, favoravelmente (por permitir aos setores brasileiros de maior competitividade acesso ao grande mercado daqueles países) ou desfavoravelmente (por dar maior acesso, em nosso mercado, aos setores em que eles têm maior competitividade). Certamente, uma integração, mesmo gradual, entre países superdesenvolvidos, como os citados, e as países emergentes da América Latina tem sua maior dificuldade no desnível de desenvolvimento entre as duas partes. Deve, por isso, ser conduzida com salvaguardas e dependerá muito, para sua viabilidade, de que os menos desenvolvidos não venham a enfrentar riscos inaceitáveis política e economicamente.

Os ensaios deste livro discutem todos esses aspectos e muitas outras questões relativas ao tema, com o objetivo de que economistas, empresários, estudantes, intelectuais e a sociedade em geral se voltem para a sua análise, independentemente de estarem, em princípio, a favor eu contra. O assunto é tão importante que não podemos ignorá-lo.

Sumário

Introdução

Alternativas do Brasil em face da Iniciativa Bush
João Paulo dos Reis Velloso

Iniciativa para as Américas e integração latino-americana: convergência e divergência de interesses entre EUA e América Latina
Marcos Castrioto de Azambuja

O pano de fundo regional e global
Celso Luiz Nunes Amorim

O Brasil e a Iniciativa Bush
Helio Jaguaribe

A integração das Américas: Por quê? Para quem? Quando? Como?
Roberto Cavalcanti de Albuquerque

A política comercial brasileira diante da Iniciativa Bush
José Tavares de Araújo Jr.

As pré-condições para um eventual projeto de livre comércio entre as Américas
Mauro Fernando Maria Arruda

Considerações preliminares sobre a Iniciativa para as Américas
Lia Valls Pereira