Livros

Como tornar o Brasil Desenvolvido: Revoluções Sociais e Políticas e Aproveitamento de Oportunidades. Fórum Nacional, Rio de Janeiro, 2011 [Fórum Especial – nov/ 2010].

Este livro publica a maior parte dos pronunciamentos, artigos e comentários do Fórum Especial de novembro de 2010, cujo tema foi MANIFESTO POR UM BRASIL DESENVOLVIDO (FÓRUM NACIONAL) / COMO TORNAR O BRASIL UM PAÍS DESENVOLVIDO, FAZENDO ACONTECER AS REVOLUÇÕES E OPORTUNIDADES DO PLANO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO.

Para o Fórum Nacional, o Brasil precisa acordar para nova realidade econômica e social e perseguir o objetivo de tornar-se, em duas ou três décadas, um País Desenvolvido. Esse objetivo somente será alcançado se a sociedade mobilizar-se em torno de um projeto nacional capaz de grande geração de empregos e orientado para economia social de mercado apoiada na economia do conhecimento. O Plano Nacional de Desenvolvimento, divulgado em agosto de 2010 e encaminhado aos candidatos à Presidência da República, é proposta do Fórum que visa a esses objetivos.

O Modelo de Desenvolvimento proposto no Plano assenta-se em dois pilares: a Educação de Qualidade, com universalização do ensino médio e ênfase no ensino técnico; e o Espírito Empresarial, com o desenvolvimento da Grande Empresa Competitiva e da Pequena Empresa Moderna. Preveem-se, ademais, como necessárias, seis Revoluções (no sentido de grandes transformações) para que o Brasil se torne desenvolvido: Revoluções na sociedade, na política, no governo, na competitividade, na cultura e na inserção internacional do País.

O Fórum Especial de novembro de 2010 foi concebido com o objetivo de fazer acontecer as Revoluções e Oportunidades propostas no Plano mencionado. Ou seja, criar instrumentos para sua execução, como já está acontecendo em vários setores. Assim avançando na mobilização da Sociedade e do Governo, para que, gradualmente, o Plano venha a acontecer.

Neste livro, vários dos aspectos da implementação do Plano estão abordados. Em sua primeira parte, a Revolução na sociedade, a Educação de Qualidade, a mobilização empresarial pela inovação nas empresas. Na segunda, a Revolução na política. Na terceira parte, várias das oportunidades estratégicas (econômicas). Na quarta parte, oportunidade global (de potência ambiental ao “PIB verde”). Na quinta parte, oportunidades para todos, inclusive para as favelas. E na sexta parte, a Revolução na cultura.

Em um segundo livro, também relativo ao Fórum Especial de novembro de 2010, intitulado Oportunidades econômicas e sociais para tornar o Brasil desenvolvido (Fórum Nacional, 2011), publicam-se o “Manifesto por um Brasil Desenvolvido”, lançado pelo Fórum Nacional e outras contribuições voltadas para a operacionalização do Plano Nacional de Desenvolvimento.

R.C.A.

Sumário

PRIMEIRA PARTE – BRASIL DESENVOLVIDO, I: REVOLUÇÃO NA SOCIEDADE, EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, MOBILIZAÇÃO EMPRESARIAL PELA INOVAÇÃO

O desafio da modernização da sociedade no Brasil
José Luiz Alquéres

Se eu fosse ministro da Educação…
Claudio de Moura Castro

O desafio da inovação no Brasil
Luciano Coutinho

Financiamento da inovação no Brasil: avanços e desafios
Luis Fernandes

SEGUNDA PARTE – BRASIL DESENVOLVIDO, II: REVOLUÇÃO NA POLÍTICA

Modernizando os Partidos e o Congresso: uma contribuição à revolução política
Rodrigo de Almeida

Boas práticas políticas para um Brasil desenvolvido
Maria Celina D’Araujo

TERCEIRA PARTE – OPORTUNIDADES ESTRATÉGICAS (ECONÔMICAS)

Petróleo e pré-sal: grande desafio, grande oportunidade
Tuerte Amaral Rolim e Ricardo Latgé Milward de Azevedo

Exploração e produção de petróleo e gás natural
Jonas dos Reis Fonseca

O agronegócio brasileiro e a economia do conhecimento: o caso da cana de açúcar
José Roberto Mendonça de Barros e Renata Ferraz de Toledo Machado

Novas tecnologias para o biocombustível
Helaine Carrer

As grandes hidrelétricas da Amazônia e um Brasil desenvolvido
José Antonio Muniz

Setor energético brasileiro: potenciais e desafios
Adriano Pires

Inovação, crescimento e desindustrialização no Complexo Elétrico e Eletrônico Brasileiro
Humberto Barbato

A implantação do carro elétrico no contexto da política industrial do setor automotivo
Nelson Barbosa Filho e Dyogo Henrique de Oliveira

O etanol em escala global
Marcos Lutz

Mineração e metalurgia modernas: uma abordagem tecnológica e sustentável
Marcio Godoy

Tecnologia da informação no Brasil: um futuro de oportunidades
Antonio Carlos Rego Gil

QUARTA PARTE – OPORTUNIDADE GLOBAL (ECONOMIA VERDE), FINANCIAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Desenvolvimento sustentável e economia verde
Aspásia Camargo

Biotecnologia à base da biodiversidade: um desafio brasileiro do século XXI
Antonio Paes de Carvalho

Financiamento voluntário de longo prazo no Brasil: análise e recomendações
Cláudio R. Frischtak

O BNDES e o desenvolvimento regional
Elvio Gaspar e Ricardo Ramos

Desenvolvimento regional sustentável
Robson Rocha

QUINTA PARTE – OPORTUNIDADE PARA TODOS, INCLUSIVE PARA AS FAVELAS

Integração social
Dom Orani Tempesta

UPP Social: caminho para um Rio de Janeiro integrado
Ricardo Henriques

O sistema Firjan e as UPPs
Augusto Franco Alencar

Integração social das comunidades
Luis Erlanger

Problemas de Pavão/Pavãozinho
Antonia Ferreira Soares

Por uma integração social das favelas
Francisco Marcelo da Silva

Mais qualidade de vida para nossas comunidades
Marcelo Radar

As favelas como partícipes da geração eleita
Rumba Gabriel

Na Cidade de Deus
Cleonice Dias de Almeida

Cantagalo, Pavão e Pavãozinho
Sidney Silva (Tartaruga)

Favelas: propostas e desafios para o Fórum Nacional
William de Oliveira

Oportunidade para todos
Rossino Diniz

O Cantagalo e as políticas públicas
Luiz Bezerra do Nascimento

SEXTA PARTE – REVOLUÇÃO CULTURAL: DESENVOLVIMENTO E UNIVERSALIZAÇÃO DA CULTURA

Bases de um plano diretor para o teatro brasileiro
Carmen Mello

A questão da meia entrada
Bianca De Felippes

O Rio e o teatro
Marcelo Quintanilha Salomão

Uma oficina de teatro
Ricardo Andrade Vassíllievitch