Winston Fritsch

Dívida externa e desenvolvimento

Em grande medida, a crise da década de 1980 teve lugar sob o signo da inflação e da dívida externa. O problema da inflação já foi tratado em outro livro do Fórum Nacional, intitulado Brasil: agenda para sair da crise - inflação e déficit público. A presente obra discute a importante questão de se a década de 1990 está fadada ao mesmo destino, de constituir a dívida externa um dos bloqueios ao desenvolvimento nacional. Claro, no atual estágio, o seu efeito é muito maior sobre o déficit público (pela estatização de quase 90%… ... continue lendo →

O Brasil e a nova economia mundial

A presente obra deve ser considerada de forma articulada com o livro, do Fórum Nacional "Idéias para a modernização do Brasil", A nova estratégia industrial e tecnológica: o Brasil e o mundo da III Revolução Industrial (Rio de Janeiro, José Olympio, 1990). O tema comum aos dois é o ingresso do Brasil no novo mundo da industrialização avançada, à base das novas tecnologias, e da competição global. Esse mundo é a realidade do nosso tempo, e está aí para condicionar o progresso na presente década. Seu advento, e a interdependência dele resultante, não… ... continue lendo →

As perspectivas do Brasil e o novo governo

Como poderá o Brasil ter um projeto nacional e de que forma sintonizá-lo com a democracia de massas hoje existente? Que tipo de oposição vai enfrentar o novo governo? Tem o Brasil um problema de governabilidade, ou é o governo Collor que o tem? É possível evitar a hiperinflação, e dentro de que programa? E as reformas sociais, vão ser adiadas mais uma vez? Que pensam as centrais sindicais sobre os problemas nacionais? Está o Brasil atualizado com as novas transformações da economia mundial? Todas essas questões são debatidas neste livro, que apresenta o diálogo das lideranças nacionais ocorrido no… ... continue lendo →

Brasil em mudança

O presente volume é complementar ao livro do Fórum Nacional  Condições para a retomada do desenvolvimento publicado recentemente. A preocupação básica, no presente caso, é com as reformas econômicas necessárias para que o País possa transformar os anos 90 numa década de crescimento continuado. De um lado, é importante reformar o Estado, afim de assegurar-lhe viabilidade financeira, um mínimo de eficiência e condições para coordenar o ingresso brasileiro na Terceira Revolução Industrial. Parte de sua reforma implica confinar a atuação do Estado-empresário às áreas de infra-estrutura e por isso, inúmeras empresas estatais ficarão liberadas à privatização. De outro lado, é… ... continue lendo →

A nova ordem mundial em questão

Este volume publica os estudos apresentados na Conferência Internacional sobre a Nova Ordem Mundial, iniciativa do Instituto Nacional de Altos Estudos - Inae (Fórum Nacional) que reuniu, no Rio de Janeiro, em abril de 1992, políticos, intelectuais e técnicos, de grande projeção, da Europa, da América do Norte, do Japão, da América Latina e do Brasil. As profundas transformações por que passa o mundo neste final de século apontam na direção de uma nova ordem mundial distinta da que se impôs durante a guerra fria, a qual, contudo, ainda não se encontra delineada. A identificação dos atores mundiais relevantes, das… ... continue lendo →

A nova inserção internacional do Brasil

Neste volume, o Fórum Nacional examina, em profundidade, os riscos e oportunidades de uma nova inserção da economia brasileira no comércio internacional. Na introdução, João Paulo dos Reis Velloso sintetiza sua proposta de um novo projeto de desenvolvimento para o Brasil. Destacando a dimensão continental do país e seu elevado grau de integração e diversificação produtivas, defende a opção pelo que chama de "modelo bidirecional de mercado", com o crescimento apoiando-se na demanda interna para a conquista de mercados no exterior. O modelo integra, em um só processo, a reestruturação industrial, a aceleração do progresso técnico-científico e uma nova inserção na… ... continue lendo →