Roberto Rodrigues

O novo governo e os desafios do desenvolvimento

Este livro trata das dificuldades enfrentadas pela economia brasileira no início do século XXI, tendo como data de referência a das eleições gerais de outubro de 2002. São examinados, segundo diversos pontos de vista, os requisitos para a superação dos obstáculos que têm impedido a retomada do crescimento econômico, considerado prioritário para que se inicie um novo ciclo de desenvolvimento sustentável. A perda de rumo do país desde a década de 1980, que culminou com a hiperinflação e a desorganização da vida econômica, exigiu amplas e profundas transformações, levadas a cabo na década… ... continue lendo →

O desafio da China e da Índia: a resposta do Brasil

O desafio da China e da Índia: a resposta do Brasil publica os estudos e pronunciamentos do XVII Fórum Nacional (2005). O cerne desse desafio –de dois concorrentes nossos, mas também parceiros: no comércio, nos investimentos e nas negociações multilaterais – está nos grandes ganhos competitivos recentes daqueles dois países. O risco corrido pelo Brasil é ir ficando para trás, marginalizado nas exportações de produtos mais intensivos em conhecimento, ameaçado em seu próprio mercado interno. Sendo, portanto, preciso que se firme o crescimento nacional, intensificando seu ritmo. E que se avance na produção… ... continue lendo →

Chegou a vez do Brasil? Oportunidade para a geração de brasileiros que nunca viu o país crescer

O XIX Fórum Nacional (2007) colocou uma questão básica para os brasileiros: o país está em condição de sustentar, no curto prazo, a expansão econômica de 5% ao ano, além de elevá-la gradualmente até atingir o alto crescimento, ombreando-se nesse aspecto aos outros grandes emergentes? Chegou a vez do Brasil? apresenta os pronunciamentos, estudos, depoimentos e debates sobre esta importante pergunta, analisada em seus muitos e complexos desdobramentos. Na primeira parte (Caminhos para o alto crescimento), após avaliação positiva sobre o futuro do Brasil feita pelo presidente do BID, Luis Alberto Moreno, examina-se… ... continue lendo →