Roberto Cavalcanti de Albuquerque

Cultura e a “Economia da Alegria”

Nos idos de 1976, o economista Tibor Scitovsky, professor emérito de economia da Universidade de Stanford, publicou um livro denominado “The Joyless Economy” (“A Economia Sem Alegria”.). A ideia básica é que mais renda (mais alto nível econômico) não traz necessariamente mais alegria. É o caso dos Estados Unidos que haviam experimentado longa fase de prosperidade, mas aparentando pouca alegria por não aproveitar-se mais principalmente das diferentes formas de cultura (cinema, teatro, música e até a simples ociosidade, ou a contemplação do belo). Então, o Fórum Nacional, na sessão de encerramento do XXVIII… ... continue lendo →

O Leviatã ferido: a reforma do Estado brasileiro

Na série de livros do Fórum Nacional "Idéias para a modernização do Brasil", da José Olympio Editora, dois se referem à questão do Estado no Brasil: o presente, voltado mais para o modelo de Estado; e um outro, intitulado Crise do Estado e retomada do desenvolvimento, sobre o papel econômico do Estado e seu problema financeiro. Esta obra se preocupa principalmente com o diagnóstico do modelo de Estado que entrou em crise na década de 1980 e com a apresentação de idéias para que se construa um novo modelo. Enquanto o Brasil cresceu,… ... continue lendo →

As perspectivas do Brasil e o novo governo

Como poderá o Brasil ter um projeto nacional e de que forma sintonizá-lo com a democracia de massas hoje existente? Que tipo de oposição vai enfrentar o novo governo? Tem o Brasil um problema de governabilidade, ou é o governo Collor que o tem? É possível evitar a hiperinflação, e dentro de que programa? E as reformas sociais, vão ser adiadas mais uma vez? Que pensam as centrais sindicais sobre os problemas nacionais? Está o Brasil atualizado com as novas transformações da economia mundial? Todas essas questões são debatidas neste livro, que apresenta o diálogo das lideranças nacionais ocorrido no… ... continue lendo →

A questão social no Brasil

O presente volume não é apenas um novo estudo sobre o problema social brasileiro. A idéia do Fórum Nacional foi, através de uma equipe de especialistas do IPEA, coordenada por Roberto Cavalcanti de Albuquerque, fazer um completo balanço e revisão da questão social no Brasil, tal como ela se configurou nas últimas duas décadas, não de forma isolada, mas articulada com o próprio processo de desenvolvimento. Para isso, levaram-se em conta, inclusive, os mais recentes relatórios de organismos internacionais sobre o problema, com o objetivo de verificar se o Brasil é realmente uma anomalia, no mundo, com uma situação social muito… ... continue lendo →

Estratégia social e desenvolvimento

Com este volume, o Fórum Nacional dá seqüência ao debate sobre a questão social brasileira, desta vez com o propósito de contribuir para a formulação de estratégia social que, vencendo a pobreza e reduzindo as desigualdades de renda, atenda aos objetivos nacionais de eqüidade. A sociedade moderna que se pretende construir no Brasil, com efeito, é incompatível com a dimensão atual da pobreza absoluta, que corresponde a cerca de um terço da população. A persistência de níveis tão elevados de pobreza, além de socialmente inaceitável, gera desarmonias e desequilíbrios capazes de atuar como… ... continue lendo →

Educação e modernidade

A construção no Brasil do desenvolvimento moderno (nas suas dimensões econômica, social e política, intimamente inter-relacionadas) não pode prescindir de uma nova proposta pedagógica, que enfatize a educação básica. O objetivo deste volume é apresentar e discutir as bases dessa proposta, inserida no contexto mais amplo de novo modelo de desenvolvimento. Na introdução, Roberto Cavalcanti de Albuquerque examina a revolução na educação como um dos processos de transformação estrutural da modernidade, empreende síntese de sua evolução histórica no Brasil, desde a Colônia, e situa a educação como um dos eixos do modelo de… ... continue lendo →

Pobreza e mobilidade social

O presente volume considera o combate à pobreza e a recuperação da mobilidade social ascendente condições essenciais para que o desenvolvimento moderno se realize no Brasil, na sua integralidade. É também mais uma contribuição do Fórum Nacional ao exame da questão social brasileira, aprofundando seu entendimento ao identificar os caminhos para sua resolução. Evidencia-se, a partir do estudo de José Pastore e Archibald O. Haller, que a mobilidade social no Brasil, caracterítica do desenvolvimento brasileiro das décadas de 60 e 70, reduziu-se grandemente nos anos 80 e tornou-se mesmo descendente (dos filhos com… ... continue lendo →

Modernidade e pobreza

Neste volume, o Instituto Nacional de Altos Estudos - (Inae) publica os principais estudos sobre Modernidade e pobreza: a construção do modernidade econômico-social, o tema básico do IV Fórum Nacional, realizado, no corrente ano, no Rio de Janeiro. Na primeira parte do livro, João Paulo dos Reis Velloso propõe modelo de desenvolvimento para o país que realize, de forma sustentável, o crescimento moderno, significando, de um lado, a absorção do novo paradigma industrial e tecnológico e, do outro, o combate à pobreza e o redução da desigualdade. A estratégia decorrente contempla a estabilização… ... continue lendo →

Governabilidade e reformas

Governabilidade & reformas busca repostas para o desafio, enfrentado pelo sistema político nacional neste final de século, de encaminhar as reformas necessárias à consolidação de um novo modelo de desenvolvimento. João Paulo dos Reis Velloso destaca, na introdução, que a década de 1930 lançou, com o "nacional-desenvolvimento", as bases do Brasil moderno. No entanto, esse modelo, ao exaurir-se na crise interminável dos últimos tempos, deixou legado de idéias, instituições e práticas que hoje constituem obstáculos ao desenvolvimento, na visão da modernidade tríplice (econômica, social e política), que vem sendo defendida pelo Fórum Nacional.… ... continue lendo →

O Real, o crescimento e as reformas

Reúnem-se neste volume os principais estudos apresentados no VIII Fórum Nacional (1996), promoção anual do Instituto Nacional de Altos Estudos, Inae, que vem se afirmando como a mais importante iniciativa de análise e reflexão sobre a conjuntura e as perspectivas econômicas, sociais e políticas do Brasil. Na introdução, João Paulo dos Reis Velloso, reportando-se ao tema básico da reunião (Estabilização, crescimento e reformas) e levando em conta os estudos e os debates realizados, apresenta sua percepção dos horizontes nacionais. Considera que a Plano Real é fundamental, mas não é suficiente. Que é preciso… ... continue lendo →