Pedro Luiz Barros Silva

Políticas sociais no Brasil: descentralização, eficiência e eqüidade

A descentralização do financiamento e da execução das políticas públicas no Brasil, embora já seja uma realidade, pouco vem contribuindo para mais eficiência e eqüidade da ação social de governo. Essa questão é examinada em profundidade neste livro seja em seus aspectos globais, seja nos casos da saúde, da educação e da previdência e assistência social. Propõem-se os modelos institucionais e os esquemas operativos considerados adequados a cada uma dessas áreas, bem como a execução, coordenada pela União, de uma estratégia nacional de descentralização das políticas sociais, inserida no contexto de um novo… ... continue lendo →