Paulo Roberto Haddad

Estabilidade e crescimento: os desafios do Real

Este livro empreende ampla avaliação das perspectivas de êxito do Plano Real e desenha os cenários político-sociais e econômicos que, concretizados, criarão as condições para o crescimento sustentado, com transformação produtiva, e favorecerão novas oportunidades de desenvolvimento. Na introdução, Rubens Ricupero situa o Plano Real no contexto da crise brasileira. Para ele não há salvação sem estabilidade, a qual não é um objetivo em si mesmo, sendo, ao contrario, o instrumento para viabilizar o projeto de modernização nacional. A primeira parte do volume, a cargo de Mario Henrique Simonsen, Affonso Celso Pastore, Rubens… ... continue lendo →

O Real, o crescimento e as reformas

Reúnem-se neste volume os principais estudos apresentados no VIII Fórum Nacional (1996), promoção anual do Instituto Nacional de Altos Estudos, Inae, que vem se afirmando como a mais importante iniciativa de análise e reflexão sobre a conjuntura e as perspectivas econômicas, sociais e políticas do Brasil. Na introdução, João Paulo dos Reis Velloso, reportando-se ao tema básico da reunião (Estabilização, crescimento e reformas) e levando em conta os estudos e os debates realizados, apresenta sua percepção dos horizontes nacionais. Considera que a Plano Real é fundamental, mas não é suficiente. Que é preciso… ... continue lendo →

O novo governo e os desafios do desenvolvimento

Este livro trata das dificuldades enfrentadas pela economia brasileira no início do século XXI, tendo como data de referência a das eleições gerais de outubro de 2002. São examinados, segundo diversos pontos de vista, os requisitos para a superação dos obstáculos que têm impedido a retomada do crescimento econômico, considerado prioritário para que se inicie um novo ciclo de desenvolvimento sustentável. A perda de rumo do país desde a década de 1980, que culminou com a hiperinflação e a desorganização da vida econômica, exigiu amplas e profundas transformações, levadas a cabo na década… ... continue lendo →