Luciano Martins

As perspectivas do Brasil e o novo governo

Como poderá o Brasil ter um projeto nacional e de que forma sintonizá-lo com a democracia de massas hoje existente? Que tipo de oposição vai enfrentar o novo governo? Tem o Brasil um problema de governabilidade, ou é o governo Collor que o tem? É possível evitar a hiperinflação, e dentro de que programa? E as reformas sociais, vão ser adiadas mais uma vez? Que pensam as centrais sindicais sobre os problemas nacionais? Está o Brasil atualizado com as novas transformações da economia mundial? Todas essas questões são debatidas neste livro, que apresenta o diálogo das lideranças nacionais ocorrido no… ... continue lendo →

Condições para a retomada do desenvolvimento

O presente volume, voltado para a discussão das precondições para a retomada do crescimento, acentua as características do Fórum Nacional como centro de debates, consciência crítica e fonte de recomendações concretas para a modernização da sociedade brasileira. Assim é que, no tocante ao programa de estabilização, apresenta, de um lado, a visão de Zélia Cardoso de Mello, ministra da Economia à época (fins de 1990, e, de outro, comentários menos ou mais críticos, entre os quais os dos ex-ministros Mario Henrique Simonsen e Bresser Pereira, assim como o do atual Secretário de Política… ... continue lendo →

A nova ordem internacional e a terceira revolução industrial

O mundo dividido entre Washington e Moscou, que emergiu de Ialta (1945), alimentado pela rivalidade e antagonismo da guerra fria, deixou de fazer sentido, política e ideologicamente, com a desintegração da União Soviética e a débâcle das economias socialistas do Leste Europeu. No Ocidente, prevalece, desde a década de 1960, a tendência para a multipolaridade econômico-financeira, com a crescente importância da Europa e do Japão e a emergência de novos países industrializados (Newly lndustrializing Countries - NICs). Desenham-se, assim, neste final de século, tendências econômicas e processos políticos que apontam para a institucionalização de uma nova ordem internacional, configurando-se, para tanto,… ... continue lendo →

A nova ordem mundial em questão

Este volume publica os estudos apresentados na Conferência Internacional sobre a Nova Ordem Mundial, iniciativa do Instituto Nacional de Altos Estudos - Inae (Fórum Nacional) que reuniu, no Rio de Janeiro, em abril de 1992, políticos, intelectuais e técnicos, de grande projeção, da Europa, da América do Norte, do Japão, da América Latina e do Brasil. As profundas transformações por que passa o mundo neste final de século apontam na direção de uma nova ordem mundial distinta da que se impôs durante a guerra fria, a qual, contudo, ainda não se encontra delineada. A identificação dos atores mundiais relevantes, das… ... continue lendo →

Desenvolvimento, tecnologia e governabilidade

O presente volume examina, no contexto de um novo modelo de desenvolvimento para o Brasil, o papel que nele devem desempenhar a ciência e a tecnologia e o sistema político. Na dimensão econômica do modelo, apresentado por João Paulo dos Reis Velloso, os processos de transformação produtiva e, em especial, de reestruturação industrial que decorrem de compromisso com a competitividade e da necessidade de inserção mais ampla e dinâmica no mercado internacional dependem do domínio do conhecimento tecnológico, em muitos casos especializado e avançado. Esse conhecimento freqüentemente não se encontra incorporado aos equipamentos… ... continue lendo →

Governabilidade, sistema político e violência urbana

O Fórum Nacional retoma neste livro, aprofundando-a, a discussão, iniciada em 1988, sobre a questão da governabilidade no contexto da experiência de construção da democracia brasileira E incursiona, pela primeira vez, no tema, conexo, da violência e da criminalidade urbana, fenômeno que ganha crescente dimensão nas regiões metropolitanas e maiores cidades do país, configurando poderes paralelos em aberto desafio à ordem e à segurança públicas, e, portanto, à autoridade do Estado Na primeira parte do livro, três respeitados cientistas políticos - Luciano Martins, Bolívar Lamounier Wanderley Guilherme dos Santos - examinam as tensões… ... continue lendo →

Governabilidade e reformas

Governabilidade & reformas busca repostas para o desafio, enfrentado pelo sistema político nacional neste final de século, de encaminhar as reformas necessárias à consolidação de um novo modelo de desenvolvimento. João Paulo dos Reis Velloso destaca, na introdução, que a década de 1930 lançou, com o "nacional-desenvolvimento", as bases do Brasil moderno. No entanto, esse modelo, ao exaurir-se na crise interminável dos últimos tempos, deixou legado de idéias, instituições e práticas que hoje constituem obstáculos ao desenvolvimento, na visão da modernidade tríplice (econômica, social e política), que vem sendo defendida pelo Fórum Nacional.… ... continue lendo →

O Real, o crescimento e as reformas

Reúnem-se neste volume os principais estudos apresentados no VIII Fórum Nacional (1996), promoção anual do Instituto Nacional de Altos Estudos, Inae, que vem se afirmando como a mais importante iniciativa de análise e reflexão sobre a conjuntura e as perspectivas econômicas, sociais e políticas do Brasil. Na introdução, João Paulo dos Reis Velloso, reportando-se ao tema básico da reunião (Estabilização, crescimento e reformas) e levando em conta os estudos e os debates realizados, apresenta sua percepção dos horizontes nacionais. Considera que a Plano Real é fundamental, mas não é suficiente. Que é preciso… ... continue lendo →

O Brasil e o mundo no limiar do novo século – vol. I

"Estamos consolidando um novo ciclo de desenvolvimento. Superando, ou criando as condições para superar, os problemas que acompanham o Brasil por muito tempo. Para isso, é preciso mudar. Mudar estruturas, mudar relações econômicas e sociais, a relação entre a sociedade e o Estado. Mudar mentalidades." Fernando Henrique Cardoso "A economia internacionalmente competitiva em construção no Brasil deve caminhar para modelo de "especializações avançadas", a ser alcançado através de três projetos estratégicos: desenvolvimento acelerado de capital humano; uso sustentável dos recursos naturais; e maior domínio da tecnologia moderna." João Paulo dos Reis Velloso "Mais… ... continue lendo →

O Brasil e a Economia do Conhecimento

O XIV Fórum Nacional (2002) buscou introduzir, no debate nacional, tema de grande atualidade e de alta relevância para o futuro do país: o da economia do conhecimento. É a ele, principalmente, que este livro se dedica. O conhecimento – a ciência, a tecnologia, a informação – é hoje considerado o fator de produção por excelência, determinante do progresso e da riqueza das nações. Essas atividades já respondem por mais de 50% do PIB das economias mais avançadas. E países emergentes, como a Coréia e a China, conduzem programas de desenvolvimento que enfatizam… ... continue lendo →

Crise política e reformas das instituições do Estado brasileiro

Este livro reúne os estudos e pronunciamentos do Fórum Especial de setembro de 2005, que teve como tema básico "Reproclamação da República (Res Publica) - Reforma das Instituições do Estado Brasileiro: Executivo, Legislativo, Judiciário". O evento, realizado em Brasília, foi motivado pela grave crise política vivenciada pelo país desde meados de 2005. Crise em que uma parcela das lideranças políticas revelou falta de ética, descumprimento das leis, uso da coisa pública em benefício próprio ou dos partidos, numa demonstração de que nem sempre a democracia leva ao bom governo. Na primeira parte do… ... continue lendo →

O Brasil e a nova (desordem?) mundial

O Brasil e a nova (desordem?) mundial retoma tema apresentado e analisado em profundidade na obra A nova ordem mundial em questão (José Olympio, 1993), que resultou de importante conferência internacional promovida sobre o assunto pelo Fórum Nacional em 1992. Decorridos quatorze anos, continua ainda inexistente uma ordem internacional instituída em substituição a que predominou durante a Guerra Fria. E em meio às mesmas assimetrias entre os poderes econômico e político das nações, foi se abrindo espaço para a supremacia do capitalismo globalizado e para a consolidação de uma única superpotência militar, os… ... continue lendo →