João Paulo dos Reis Velloso

Cultura sob todas as formas

Os artigos deste livro correspondem às participações que tiveram lugar na sessão de encerramento do Fórum realizado em setembro de 2016, no BNDES, Rio de Janeiro. A abertura foi feita pelo presidente João Guilherme Ripper, da Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Na opinião de Ripper, a arte é o mais nobre produto do engenho humano e o Theatro Municipal tornou-se a principal referência cultural do estado do Rio e no País. A escritora e historiadora Mary del Priore falou sobre “Identidade e educação na história do Brasil”. Em síntese, a autora… ... continue lendo →

Investindo contra a crise e procurando voltar a crescer

Este livro reúne artigos correspondentes aos pronunciamentos feitos no Fórum Nacional (Sessão Especial) de setembro de 2016. Na sessão de abertura, a presidente Maria Silvia Bastos Marques, do BNDES...

Cultura e a “Economia da Alegria”

Nos idos de 1976, o economista Tibor Scitovsky, professor emérito de economia da Universidade de Stanford, publicou um livro denominado “The Joyless Economy” (“A Economia Sem Alegria”.). A ideia básica é que mais renda (mais alto nível econômico) não traz necessariamente mais alegria. É o caso dos Estados Unidos que haviam experimentado longa fase de prosperidade, mas aparentando pouca alegria por não aproveitar-se mais principalmente das diferentes formas de cultura (cinema, teatro, música e até a simples ociosidade, ou a contemplação do belo). Então, o Fórum Nacional, na sessão de encerramento do XXVIII… ... continue lendo →

Superando o Drama Brasileiro – Brasil – 2022: Bicentenário da Independência

O XXVIII FÓRUM NACIONAL, um dos mais importantes já realizados, voltou-se, principalmente, para a questão básica: “Superando o Drama Brasileiro”, consubstanciado nesse duplo ataque – à Crise Econômica, Social, Política, Ética, e à falta de Crescimento. Ou seja, um pesadelo para o País. Desse Fórum já resultaram dois livros: Plano Nacional de Desenvolvimento (Bases). O Dia do Juízo Fiscal. A Sessão de Encerramento dará origem a um livro sobre tema cultural – “A Cultura e a Economia da Alegria”. Este volume cobre a Sessão de Abertura e os Painéis I, II e III.… ... continue lendo →

Plano Nacional de Desenvolvimento (Bases)

Este não é um Plano de Desenvolvimento. São as bases. É uma contribuição. Elaborar o Plano (o novo PND), a partir de uma Visão Estratégica, é função da Sociedade Brasileira. Melhor, em seu nome, do Governo Brasileiro. Estamos fazendo uma conclamação, para levantar o País. Porque: ou fazemos o que tem de ser feito, enfrentando os grandes problemas, mesmo que sejam terríveis, e por isso de soluções difíceis, dramaticamente difíceis, para sair do túnel. Ou estamos condenados a permanecer como Édipo, na estrada de Tebas, enquanto os desempregados (hoje, 10%), os pobres e… ... continue lendo →

A crise brasileira e a modernização da sociedade

Todos sabemos que a crise brasileira não se limita ao problema econômico, embora constitua este a sua manifestação mais visível e dramática. A preocupação dos autores desta obra, que reúne as contribuições apresentadas ao Fórum Nacional sobre o tema, é mostrar o caráter global da crise e até mesmo existencial, e suas raízes próximas e de longo prazo. Especial atenção foi dispensada ao caráter desigual e incompleto do processo de modernização experimentado pela sociedade brasileira, da década de 1950 até a de 1980, e às suas conseqüências para o quadro de heterogeneidade e complexidade que o Brasil apresenta hoje. Discute-se… ... continue lendo →

Modernização política e desenvolvimento

Os debates do Fórum Nacional têm dado grande destaque ao fato de que a modernização da sociedade e da economia brasileira, ocorrida nas últimas quatro décadas, não foi acompanhada de modernização política. O Brasil tinha um Estado razoavelmente moderno até fins da década de 1970, mas a última década assistiu à sua deterioração e crise. O sistema político, embora conte com figuras de alta expressão e modernidade, está em geral defasado perante a sociedade e a economia. Existem problemas de falta de modernidade tanto na esquerda, freqüentemente ultranacionalista e estatizante, como no centro… ... continue lendo →