Fernando Rezende

Crise do Estado e retomada do desenvolvimento

Na série de livros do Fórum Nacional "Idéias para a modernização do Brasil", da José Olympio Editora, há dois volumes sobre a questão do Estado: este, voltado principalmente para o papel econômico do Estado e seu problema financeiro; e um outro, intitulado O Leviatã ferido: a reforma do Estado brasileiro, sobre, principalmente, a reformulação do modelo de Estado. Duas são as preocupações básicas do presente estudo. Em primeiro lugar, discute-se o papel econômico desempenhado pelo Estado no desenvolvimento brasileiro do pós-guerra. Cabia-lhe a condução da estratégia global e, muito em particular, a definição… ... continue lendo →

A crise mundial e a nova agenda de crescimento

Este livro, que contém os estudos produzidos para o XI Fórum Nacional (1999), aborda alguns dos principais problemas e dilemas enfrentados pelo desenvolvimento brasileiro neste final de século. Parte de uma análise da modernidade como processo e como projeto - ou seja, em sua racionalidade instrumental e em sua finalidade universal, a autonomia de todas as pessoas, sua liberdade de escolhas e sua libertação. Análise que ilumina tanto o entendimento do fenômeno globalização quanto a crítica de suas possíveis conseqüências socioculturais. Empreende ampla análise das recentes crises enfrentadas pelos países emergentes (crises associadas ao mercado mundializado), indicando como, em decorrência, se… ... continue lendo →

O novo governo e os desafios do desenvolvimento

Este livro trata das dificuldades enfrentadas pela economia brasileira no início do século XXI, tendo como data de referência a das eleições gerais de outubro de 2002. São examinados, segundo diversos pontos de vista, os requisitos para a superação dos obstáculos que têm impedido a retomada do crescimento econômico, considerado prioritário para que se inicie um novo ciclo de desenvolvimento sustentável. A perda de rumo do país desde a década de 1980, que culminou com a hiperinflação e a desorganização da vida econômica, exigiu amplas e profundas transformações, levadas a cabo na década… ... continue lendo →