Dieter Ernst

A nova ordem internacional e a terceira revolução industrial

O mundo dividido entre Washington e Moscou, que emergiu de Ialta (1945), alimentado pela rivalidade e antagonismo da guerra fria, deixou de fazer sentido, política e ideologicamente, com a desintegração da União Soviética e a débâcle das economias socialistas do Leste Europeu. No Ocidente, prevalece, desde a década de 1960, a tendência para a multipolaridade econômico-financeira, com a crescente importância da Europa e do Japão e a emergência de novos países industrializados (Newly lndustrializing Countries - NICs). Desenham-se, assim, neste final de século, tendências econômicas e processos políticos que apontam para a institucionalização de uma nova ordem internacional, configurando-se, para tanto,… ... continue lendo →