Análise

A urgente calibragem do ajuste

Teto dos gastos e a reforma da Previdência são armas contra o desequilíbrio Diante do gigantesco desequilíbrio fiscal que o País enfrenta, a estratégia de ajuste do governo Michel Temer (PMDB) está calcada na aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto dos Gastos (241/2006) e numa ainda pouco conhecida proposta de reforma da Previdência. Com o primeiro item, o objetivo era emitir, rapidamente, um forte sinal de retomada do controle do orçamento federal, depois de anos de descalabro. Mais precisamente, manter as taxas de risco-Brasil relativamente baixas, como vem ocorrendo desde… ... continue lendo →