Arquivo mensal: setembro 2014

Desafios das Regiões Metropolitanas

Coube ao subsecretário de Urbanismo Regional e Metropolitano do Estado do Rio, Vicente Loureiro, a palestra de encerramento da Sessão Especial do Fórum Nacional. Arquiteto e urbanista, Loureiro fez comentários a respeito dos demais palestrantes da tarde, acrescentando seus pontos de vista acerca do que havia sido discutido sobre “Favela é Cidade – A Região Metropolitana”. Em relação à apresentação do jornalista Daniel Barros, palestrante no mesmo painel, Loureiro destacou a ideia básica de que a cidade é feita de carne e osso. “Os desafios urbanísticos devem necessariamente passar pelas pessoas”, acrescentou. Sobre… ... continue lendo →

Cidades inteligentes e sustentáveis para 3,6 bilhões de pessoas

Suzana Kahn Ribeiro, professora da Coppe UFRJ, fez um alerta, nesta quinta-feira, 11, na Sessão Especial do Fórum Nacional, para a explosão demográfica nas cidades de todo o mundo, que em 1.900 detinham 1,6 bilhão de pessoas e hoje já respondem por mais da metade da população mundial, ou 3,6 bilhões de pessoas. "As pessoas desejam morar nas cidades. O que de certa forma é bom, para algumas soluções práticas, como de mobilidade, o que é mais difícil em regiões com densidade demográficas mais segregadas. Porém, a população cresce muito rapidamente, enquanto o… ... continue lendo →

Obstáculos no caminho da mobilidade urbana sustentável

O padrão de mobilidade urbana se tornou menos sustentável ao longo dos anos que marcaram o início da intensificação da urbanização e industrialização do país. Foi o que disse Rogério Boueri, diretor do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), no último dia da Sessão Especial do Fórum Nacional. Para ele, essa mudança de padrão acarreta uma série de problemas para o desenvolvimento e o bom funcionamento das cidades. O pesquisador lembrou que há pouco mais de 60 anos, o deslocamento das pessoas nas maiores cidades brasileiras era realizado predominantemente por modalidades públicas coletivas,… ... continue lendo →

Onde falta governança e fiscalização, sobram municípios caóticos

O urbanista Jorge Guilherme Francisconi apresentou um estudo com o conceito da cidade com cidadania e governança. "Eu entendo que a cidade pode ser uma solução para a disparidade social, melhor do que qualquer bolsa família", defendeu Francisconi, nesta quinta-feira, 11, durante a Sessão Especial do Fórum Nacional. "O BRT nasceu no Brasil e a ideia foi exportada para todo o mundo. Hoje nós perdemos essa capacidade criativa", lamentou Francisconi, que apontou a falta de gerência e governança e a verdadeira explosão na criação de municípios, como inimigos da qualidade de vida nas… ... continue lendo →

Problemas das cidades vão além da esfera municipal

Os problemas da cidade estão muito além dos governos municipais. Essa é a conclusão a que chegou o jornalista Daniel Barros, palestrante do último dia de trabalhos da Sessão Especial do Fórum Nacional. Autor de uma série de reportagens sobre desafios urbanos publicada na revista “Exame”, Barros discorreu sobre a experiência que obteve após mais de 30 entrevistas com especialistas no tema, de acadêmicos a prefeitos. “As cidades são feitas de carne e osso, não de concreto”, disse Barros, citando um de seus entrevistados, o economista americano Edward Glaeser. “Ou seja, as pessoas… ... continue lendo →

O imenso desafio de se levar a cultura aos brasileiros

O secretário de Fomento e Incentivo do Ministério da Cultura, Ivan Domingues das Neves, enumerou, nesta quinta-feira, 11, durante a Sessão Especial do Fórum Nacional, os principais desafios para garantir à maioria da população brasileira o acesso à cultura. "Um pesquisa mostra que 89% dos brasileiros nunca foram a uma ópera, 75% nunca foram a um espetáculo de dança ou balé, 71% nunca estiveram em uma exposição de pintura ou escultura, 57% nunca foram ao teatro e 58% não leram livros nos últimos seis meses”. Esse é o tamanho do desafio. Ivan Domingues… ... continue lendo →

Salgueiro quer turismo e gastronomia no morro

O representante do Morro do Salgueiro, Emerson Menezes, apresentou um resumo dos projetos que foram pensados a partir do PAC Social em sua comunidade. Um deles é a sustentabilidade ambiental, que reutiliza lixo descartado para a confecção de artesanato. “Temos artesãos no morro que podem se engajar caso esse projeto se expanda”, informou. O projeto de turismo, ainda em gestação, pode se desdobrar em polo de gastronomia, na opinião de Menezes. “Há potencial ali no morro, com bares, restaurantes e cozinheiras”, acrescentou. O terceiro projeto trata do resgate da memória local. “Temos de… ... continue lendo →

Só a mobilidade vai garantir liberdade para o Morro do Turano

O representante do morro do Turano, José Carlos Cândido, apresentou o plano de mobilidade que pode solucionar o acesso à própria comunidade, por meio do Plano Inclinado, que reduziria para poucos minutos o trajeto hoje feito em mais de uma hora. "As pessoas idosas ou os doentes têm que ser carregados no colo. Esse é o mesmo problema enfrentado para se levar para casa, por exemplo, as compras de supermercado", explicou Cândido, ao defender o projeto pelo que vem lutando a comunidade. Cândido também questionou as determinações dos policiais das UPPs, que tentam… ... continue lendo →

Cidade de Deus pede mais ação

Duas representantes da Cidade de Deus dividiram o espaço aberto às comunidades no segundo dia de debates da Sessão Especial do Fórum Nacional. Cleonice Dias, a primeira a apresentar sua palestra, tratou do plano de desenvolvimento comunitário, elaborado em 2004. “Nosso plano não é para nós executarmos, mas é para negociarmos com parceiros do poder público e das empresas privadas, para que possam se encaixar da melhor maneira nesse processo para nos ajudar a sair da pobreza”, sintetizou. A segunda representante foi Ana Lúcia Pereira, conhecida como Lucinha. “A Cidade de Deus faz… ... continue lendo →

O grito e o exemplo que vêm do Complexo do Alemão

O representante do Complexo do Alemão, Robson Borges, apresentou a cooperativa de trabalho voltada aos ex-presidiários, por meio da coleta seletiva de lixo. "Nós podemos fazer muito em prol de uma sociedade justa e fazer com que essas pessoas que deixam o sistema prisional voltem para suas famílias", defendeu Robson Borges, erguendo a bandeira da reciclagem do lixo na recuperação social de ex-presidiários. "Porque que nós estamos enterrando esses resíduos que podem dar origem a outros produtos", questiona Borges, lembrando que foi a coleta seletiva que o auxiliou profissionalmente. "Devemos destinar os resíduos… ... continue lendo →

Marcenaria em alta no Jacarezinho

Dois representantes do Complexo do Jacarezinho dividiram o microfone no segundo dia de debates da Sessão Especial do Fórum Nacional. O primeiro a falar foi Rumba Gabriel, que prefere chamar as favelas de quilombos urbanos. Ele lembrou que o Jacarezinho é a comunidade que agrega o maior número de habitantes negros. “Somos guerreiros, somos resistentes. A guerra é feroz: de um lado, temos o Estado com maus policiais e, do outro, o tráfico. Mas agora, com ajuda do Fórum Nacional, somos visíveis”, disse Gabriel. Em seguida ao discurso de Gabriel, veio o líder… ... continue lendo →

Lixo e mobilidade ainda desafiam Manguinhos

O representante da favela de Manguinhos, André Lima, demonstrou preocupação com a questão da gestão do lixo na comunidade, bem como com a mobilidade urbana. Em sua opinião, a comunidade tem hoje 16 projetos discutidos e amadurecidos, que estão sendo dialogados com o BNDES e com outras instituições. André Lima acrescentou que seis projetos foram enquadrados pelo BNDES, entre este o do polo de confecção comunitária, reunindo as costureiras da favela. Ele citou também o arranjo sócio produtivo de música, com geração de renda a partir da arte, além da coleta seletiva do… ... continue lendo →